Ilustrador cruzeirense lança marca de roupa

DSC_0224-3Leonardo leva até 8 horas para finalizar um desenho | Fotografia: Flávia do Carmo

Leonardo Silva, 32 anos, começou a desenhar na época de escola quando ainda era criança. Com 17 anos percebeu que tinha talento com as ilustrações e começou a levar a sério o hobby. Atualmente, ele trabalha somente com desenhos e lançou uma loja online de roupas com uma marca própria.

Eu fui conversar com o Leonardo e falamos sobre os desenhos, a marca, inspirações e muito mais. Confira:

 

Jornalista Curiosa: Como deu início a sua relação com o desenho?

Leonardo Silva: Eu sempre desenhei, mas há sete anos é que eu comecei a levar a sério e querer aprender. No começo era como uma terapia para passar o tempo.

 

JC: Quanto tempo demora para finalizar um desenho?

LS: Depende muito. Tem desenho que eu já levei 8 horas, por conta do tamanho da folha e da quantidade de detalhes, já outros eu faço em 30 minutos, mas normalmente ilustrações de realismo demoram  de 2 a 4 horas.

 

JC: Qual é o desenho mais difícil de fazer?

LS: Desenhar o rosto das pessoas é mais complicado porque eu tenho que tentar pegar a expressão facial, o que é bem difícil. Em outros tipos de desenho se você mudar algum detalhe não se percebe, mas se você alterar algo mínimo na expressão o rosto da pessoa, o resultado muda completamente.

 

JC: Qual o desenho que você mais gosta?

LS: São os desenhos de super heroi que eu faço! No início é legal, mas quando eu vejo que vai demorar pra terminar eu não gosto [risos] porém, o resultado vale a pena desenhar por horas.

DSC_0204-2Leonardo começou a desenhar com 12 anos | Fotografia: Flávia do Carmo

JC: Tem algum ilustrador que você se inspira?

LS: Inspirar não, eu sigo alguns porque eles dão vídeo aulas. Tem o Charles Laveso ele dá aula no youtube e pra mim é um dos melhores que dá aula. Tem outros que são tão bons quanto porém, não dão vídeo aulas.

 

JC: Você fez algum curso de desenho?

LS: Não, aprendi tudo com muita prática, tentando fazer, ultimamente assisto muito vídeo aula. Mas o curso ajuda muito, você aprende mais rápido. No começo eu não sabia nem que material usar, depois que eu aprendi como fazer efeitos mais realistas.

 

JC: O que não pode faltar numa boa ilustração?

LS: O detalhe mínimo. Quando eu comecei a desenhar eu não pensava em fazer sobrancelha por sobrancelha, a claridade dentro do olho, é claro que demora muito mais tempo porém, o resultado final é melhor.

 

JC: E falando sobre a sua marca de roupa. Quando foi lançada e porque se chama Furyo?

LS: Foi lançada dia 23/01/2016. Esse nome é japonês, é uma espécie de gíria, que tem a ver com rebeldia, tipo manifestantes. A marca quer passar isso, de não deixar o sistema tomar conta. Então nós passamos nossas ideias para as ilustrações, e tentamos ser fiel a essa ideia.

 

JC: Quais os planos futuros para a marca de roupa?

LS: E nossos planos são os esperados por todos os pequenos empresários, primeiramente engajar no mercado, e não ficar só nas camisetas, fazer todo tipo de roupa. Poder um dia revender pra outras lojas.

DSC_0183-2O Cruzeirense vê o desenho como uma terapia | Fotografia: Flávia do Carmo

Acompanhe o trabalho do Leonardo nas redes sociais:

FACE: www.facebook.com/furyooficial

SITE: www.furyo.com.br

Deixe seu comentário